Seguro de Vida

O seguro de vida garante a possibilidade da continuidade de sonhos e necessidades das pessoas mais próximas. É a proteção no momento que precisarão de uma ajuda extra. O Seguro de Vida traz teto de capital segurado de até R$ 1.500.000 em 01/12/2018.

Cobertura

Conheça as informações gerais de cobertura do Seguro de Vida:

 

  CAPITAL SEGURADO
Cobertura Titular Cônjuge (facultativo) (1)

Morte

100% do capital básico

30% do capital básico

Morte acidental (cobertura adicional à de morte, em caso de morte acidental)

100% do capital básico

30% do capital básico

Invalidez permanente por acidente

Até 100% do capital básico

Até 30% do capital básico

Invalidez funcional permanente por doença

100% do capital básico

30% do capital básico

(1) A apólice não oferece cobertura automática para cônjuge. Caso deseje, o segurado pode contratar cobertura para o cônjuge, no qual os capitais segurados correspondem a 30% da cobertura contratada para o segurado principal, implicando no aumento de 30% no prêmio do seguro.

 

Detalhes das Coberturas:

Morte

Em caso de morte do segurado principal, independentemente da causa, a seguradora pagará aos beneficiários declarados a indenização correspondente ao percentual do capital segurado vigente no mês do óbito, respeitados os limites de capital segurado. Na hipótese da não existência de beneficiários declarados, a indenização será paga aos herdeiros legais.

Morte acidental

Em caso de morte acidental do segurado principal, além da indenização prevista pela cobertura de morte por qualquer causa, a seguradora pagará aos beneficiários uma indenização adicional correspondente ao mesmo percentual do capital segurado vigente no mês do óbito, respeitados os limites de capital segurado.

Invalidez permanente total por acidente

A indenização será paga pela seguradora quando o tratamento médico das lesões ocasionadas pelo acidente estiver concluído, e seja definitivo o caráter de invalidez do segurado principal. A indenização será correspondente a um percentual do capital vigente na data da alta médica definitiva, respeitados os limites de capital segurado. A avaliação da incapacidade deve ser feita por médico devidamente qualificado.

Invalidez permanente parcial por acidente

A indenização será paga pela seguradora quando o tratamento médico estiver concluído e seja definitivo o caráter de invalidez do segurado principal. A invalidez será calculada de acordo com o grau de incapacidade do membro ou parte do corpo que foi lesada no acidente, conforme percentuais definidos na tabela para cálculo de invalidez permanente (veja aqui).
 

A indenização corresponderá a até 100% ou 30% (titular e cônjuge respectivamente) dos percentuais constantes na tabela, tendo como base de cálculo o capital segurado vigente na data da ocorrência do acidente, respeitados os limites de capital segurado. A avaliação do grau de incapacidade deve ser feita por médico devidamente qualificado.

Invalidez funcional permanente total por doença

A indenização será paga pela seguradora, caso o segurado seja acometido por invalidez permanente total consequente de doença que acarrete a perda da sua existência independente. A perda da existência independente é caracterizada por quadro clínico incapacitante que inviabilize, de forma irreversível, o pleno exercício da capacidade autonômica do segurado. Esta avaliação deve ser feita por médico devidamente qualificado.

A indenização será correspondente ao percentual do capital segurado, vigente na data de caracterização da incapacidade, independente da data do diagnóstico da doença. Com o pagamento do capital contratado, o seguro será encerrado.

 

Obs: se o médico assistente do segurado diagnosticar uma invalidez permanente, e havendo divergência quanto a causa, natureza ou extensão da invalidez, a seguradora, arcando com a totalidade dos honorários médicos, poderá exigir perícia médica do segurado, que valerá como determinante do pagamento ou não da indenização.

Caso a divergência quanto à incapacidade do segurado persista, o mesmo poderá ser submetido a uma junta médica constituída por três membros: um nomeado pela seguradora, outro pelo segurado, e um terceiro - desempatador - escolhido pelos dois médicos nomeados. Cada uma das partes pagará os honorários do médico que tiver designado. Os honorários do terceiro médico serão pagos em partes iguais pelo segurado e seguradora.

Capital Segurado

CAPITAL SEGURADO

Livre escolha

LIMITE DO CAPITAL SEGURADO 

R$ 1.500.000,00

TAXA

Por idade

 

Limite de Capital Segurado

O Seguro de Vida está limitado ao mínimo de R$ 25.000,00 e máximo de R$ 1.500.000,00. O Capital Segurado poderá ser escolhido conforme tabela a seguir: 

Opções de escolha de Capital Segurado

 R$  25.000

 R$  50.000

 R$  100.000

 R$  200.000

 R$  300.000

 R$  400.000

 R$  500.000

 R$  600.000

 R$  700.000

 R$  800.000

 R$  900.000

 R$  1.000.000

 R$  1.100.000

 R$  1.200.000

 R$  1.300.000

 R$  1.400.000

 R$  1.500.000