Fuja das compras por impulso

Comprar por impulso é um hábito que, se não for combatido ou ao menos controlado, pode prejudicar a saúde do orçamento. No início, começa de forma “inocente”: uma ida ao shopping pra descontrair, uma comprinha aqui e outra ali... Com o passar do tempo, o consumidor passa a fazer isso mais vezes, geralmente se arrependendo depois dos gastos, geralmente supérfluos. Existem algumas armadilhas que você pode evitar, observando muito bem os seus hábitos, veja só:  - se você percebe que a situação está se repetindo e precisa se controlar mais, evite ir ao shopping com cartão de crédito ou cheque. Prefira levar pouco dinheiro, assim não terá como gastar mais do que pode!
 - evite as promoções. Caso contrário, só de ver o movimento na loja e as pessoas comprando, você acaba entrando na onda e fazendo o mesmo. Isso, em psicologia econômica, é chamado “efeito manada”: seguir a tendência e fazer como os outros, agindo por impulso;
 - não justifique sua compra com a frase “eu mereço”. Pense no que você realmente pode e precisa ter. Questione cada compra, refletindo sobre a real necessidade e, também, sobre a saúde do seu orçamento;
 - dê presentes nas datas certas – se você tem dificuldade de dizer não aos seus filhos, quando lhe pedem algo, atenção: colocar limites é fundamental para o futuro deles.
 - se a ida ao shopping é relaxante pra você, busque outras formas econômicas de garantir esse bem estar: um passeio ao ar livre, uma caminhada ou volta de bicicleta etc. Fuja do consumo!