Funcesp triplica limite para investimentos no exterior

19/01/2015 | INVESTIDOR INSTITUCIONAL

A Fundação Cesp (Funcesp) ampliou de 2% para 6% o limite para aplicações no exterior em sua política de
investimentos para este ano. Atualmente, o fundo de pensão já investe R$ 60 milhões em três fundos de
ações no exterior, um da BlackRock, um da Schroders e outro do J.P. Morgan.
O diretor de investimentos da Funcesp, Jorge Simino, explica que o cenário adverso da bolsa brasileira fez
com que a fundação reduzisse sua exposição local e ampliasse em ações do exterior. “O cenário está muito
prejudicado. A Petrobras perdeu peso na bolsa e ainda tem problema. O setor de educação que foi
destaque dos últimos dois anos pode começar a ter problemas e o setor de consumo voltado para varejo
terá um ano difícil”, explica Simino.
Para diluir os riscos, a fundação aposta nas alocações fora do país e espera ter mais dois fundos investidos
ainda esse ano. O valor ainda não foi estabelecido, mas pode chegar ao dobro do que já foi aplicado. A
fundação possui atualmente patrimônio de R$ 23 bilhões.