Senhas

Consultas e exames simples não necessitam de senha ou autorização para realização. Entretanto, alguns procedimentos mais complexos podem necessitar de senha.

 

As senhas devem ser sempre solicitadas pelo prestador de saúde que você vai utilizar e eles já possuem as orientações necessárias para isso. Porém, você pode também acompanhar o andamento da liberação de sua senha.

Para solicitação de senhas ou acompanhamento

Você pode acompanhar a liberação de sua senha ou orientar o prestador de saúde que irá utilizar. 

  • Para senhas na Rede Funcesp

Central de Regulação 24 horas:
Interior de São Paulo - 0800 722 0173.

Procedimentos com necessidade de senha

Confira quais são os procedimentos que precisam de senha prévia para a realização e programe-se:

 

  • Internação hospitalar*;
     
  • Cirurgias ambulatoriais*;
     
  • Radioterapias e quimioterapias*;
     
  • Fonoterapia, fisioterapia convencional e terapia ocupacional após a trigésima sessão;
     
  • Acupuntura, RPG, hidroterapia e drenagem linfática;
     
  • Câmara hiperbárica;
     
  • Ecocardiograma, monitoração de pressão arterial e Holter cardíaco;
     
  • Manometrias e pHmetrias;
     
  • Eletroneuromiografias e eletrococleografias;
     
  • Polissonografias e potenciais evocados;
     
  • Endoscopias diagnósticas e/ou terapêuticas;
     
  • Cintilografias (medicina nuclear "in vivo");
     
  • Angiografias e radiologia intervencionista;
     
  • Ultrassonografias;
     
  • Tomografias computadorizadas;
     
  • Ressonâncias magnéticas;
     
  • Diálises de qualquer natureza*;
     
  • Remoções*.

* As senhas devem ser solicitadas pelo prestador de serviço credenciado (médico, ambulatório, clínica e hospital).

Procedimentos sem necessidade de senha

Os procedimentos que necessitam de senha estão listados acima. Mas veja os principais procedimentos que não necessitam de senha:

 

  • Atendimentos em prontos-socorros e exames e procedimentos decorrentes desses atendimentos;
     
  • Cirurgias realizadas em consultórios;
     
  • Colposcopia;
     
  • Consultas;
     
  • Eletrocardiograma;
     
  • Eletroencefalografia;
     
  • Exames simples (urina, sangue, fezes, radiografias, entre outros);
     
  • Internações de urgência provenientes do atendimento em prontos-socorros, consultórios ou clínicas podem ser realizadas sem prévia autorização. Após 24 horas, o hospital pedirá senha à Central de Regulação;
     
  • Procedimentos simples de oftalmologia (campimetria, retinografia, topometria, entre outros);
     
  • Procedimentos simples de otorrinolaringologia (audiometria, impedanciometria);
     
  • Teste ergométrico;
     
  • Vacinas.

Validade das senhas

Todas as senhas solicitadas tem validade de 30 dias.